Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quinta-feira, dezembro 04, 2014

Quando as mulheres ganham asas ou quando os anjos exibem orgulhosamente o seu sexo


No post lá mais para baixo mostro como se vestiram as anjinhas depois do desfile da Victoria's Secret para irem para a farrinha, descomprimir, curtir.

Mas isso é a seguir. Aqui, agora, vou ao grande momento de ontem à noite.


Dedicado ao Leitor JP que se queixou que eu tenho andado muito virada para a política


Os anjos da Victoria's Secret que, antes, costumavam vir do mundo todo para se juntarem lá pelas Américas, este ano voaram até às Europas e cintilaram, esvoaçantes, pela passerelle mais badalada de Londres.

O desfile custou milhões (mas, lá está!, deve ter rendido bem mais do que isso) e todos os olhares se focaram na lingerie mais desejada, nos corpos mais belos, na festa com mais antecedência esperada.


Mas, para nos acompanhar, deixem que troque a música borbulhante da escultural e magra Taylor Swift ou da mignone Ariana Grande pelo grão de voz do charmoso Leonard Cohen


Did I ever love you




Não sei o que é mais mítico na marca Victoria's Secret, se são as peças de lingerie em si, se é a beleza escolhida a dedo das modelos, se é o aparato cénico dos desfiles, se é a publicidade brutal e infalível. Uma vez por ano aquelas mulheres ganham asas e, quase desnudadas, enchem de glamour a passerelle, as televisões e os computadores do mundo inteiro.

Adepta que sou de bela lingerie, é, pois, natural que os Anjos da Victoria's Secret aqui apareçam pelo menos uma ou duas vezes por ano.


Deixem que partilhe convosco as fotografias de alguns dos modelitos que brilharam em Londres, esta terça-feira, dia 2 de Dezembro de 2104, à noite.



Karlie Kloss, americana, 22 anos

Começo o desfile às arrecuas mas não é por querer. Quando vou inserir a fotografia ali para o meio, ela pula para o topo.
Não faz mal. As cuequinhas são bonitas mas as asas ainda são mais



Behati Prinsloo, 25 anos, nascida na Namíbia

Poderosa, dourada, metálica, fulgurante.
Não sei se aquele aventalinho será bom quando se está na cozinha mas, enfim, o que vale é a intenção. 
Também não sei se as asas não vão atrapalhar na altura de voar mas, enfim, é a mesma coisa, o que vale é a intenção.




Doutzen Krous, holandesa, 29 anos.

Uma radiante e felpuda black bird, que é como quem diz: uma passarinha preta.
Capaz daquela mantinha que ela usa a enrolar as pernas ser boa para pôr sobre os joelhos ou sobre os ombros enquanto aqui estou a escrever




A mesma Doutzen Krous
aqui na versão pomba branca, pombra branca, lingerie conservadora como convém a uma inocente e alva pombinha



A parte de trás das cuecas da pombinha branca parece mais bonita que a parte da frente,
as rendinhas em pérola-cinza são elegantes, discretas. Com uma certa classe, diria eu.



Behati Prinsloo
já acima referida

O conjunto cueca e soutien é do mais clássico que há, sem história, por pouco não é um cuecão e soutien da avó.
 E a penagem tem cor bonita mas também não tem muito que se lhe diga, parecem daqueles penachos que dantes se viam em alguns jarrões.
Mas que é que isso interessa se toda ela irradia, exibe tal joie de vivre que é um gosto só de ver?



Enikő Mihalik, húngara, 29 anos.


Toda ela leveza e borboleta, suave, discreta, primaveril.
Se eu um dia me voltar a casar, e se casar em tempo frio, talvez vá assim vestida, tal e qual, a inocência em flor; e a saínha em carpélio bicolor deve ser quentinha.
(De branco não faria sentido que fosse, né?)



Candice Swanepoel, nascida na África do Sul, 26 anos.


Quase etérea.
Não percebo se as pequenas cuecas existem independentemente do cinto de ligas ou a se a pequena e subtil parra cairia se aquela armação fosse abolida.

Quando vem é como uma grande borboleta,
enfeitando as hastes que oscilam.
Poderei eu ser uma dessas hastes,
tão forte que sou a fonte 
da sua alegria?


[de Celan numa tradução de João Barrento in Relâmpago, nº 34]


A nossa pequena Sarita. Sara Sampaio, portuguesa, 23 anos

Vestida de menina pequenina, da pré-primária ou assim, ou então de noivinha, rosa inocente, suave baby dollfolhinhos e rendinhas
Aquelas asinhas mais parecem uma sombrinha chinesa que se desmanchou mas não faz mal, é capaz de dar para voar na mesma e ela é bonita de qualquer maneira

Eu não sei da infância
mais do que um medo luminoso
e essa mão que me arrasta 
para a minha outra margem

Minha infância e o seu perfume
a pássaro acariciado


[Tempo de Alejandra Pizarnik in Relâmpago]


Joan Smalls, Porto Riquenha, 26 anos

Não percebo bem se é um conjunto normal com um bustier por cima mas não interessa, rendas, tules, transparências, meias de liga, tudo muito bem. Até parece que tem um rendilhado em ferro forjado ali ao meio mas deve ser só efeito.
As asas são atípicas e, talvez porque tudo é um bocado incompreensível mas, ainda assim transpira charme, é um dos meus conjuntos preferidos.

Não percebo se aquela seda preta esvoaçante ali atrás lhe pertence mas, se for, ainda terá mais graça



As rainhas da festa, Adriana Lima e Alessandra Ambrosio, ambas brasileiras, ambas com 33 anos
,
com os seus modelitos Fantasy Bras no valor de milhões.

Um dia que alguém me queira subornar, faça o favor de me aparecer com um conjunto destes de cada cor: azul, encarnado, verde, amarelo, preto, branco, lilás, cinza, nude, etc (cor de rosa não é preciso, não faz muito o meu género) - ah, e já agora, que o presente venha acompanhado por um parecer de um jurista a atestar que a pequena liberalidade não tem mal nenhum. Se faz favor.

[Nada de caixas de robalos ou garrafas de vinho. Só lingerie feita de pedras preciosas, se fazem favor. E, já agora, também alguns pares de asas. E uns sapatinhos também. As botas à D'Artacão que algumas modelos usaram no desfile não vale a pena trazerem, podem enviar um par delas à Judite de Sousa dizendo que vão da minha parte, se faz favor]



A festa final, as anjinhas todas contentes a brincarem com balões e bolinhas de espuma



Tamanha a brincadeira que uma menina (juraria que é a doidona da Karlie Kloss) até deixou cair a parte de cima mas, ora bolas, depois de tanta asa e tanto bustier apertado já lhe devia apetecer pôr-se à vontade. Como a compreendo. Mas deixou ficar as luvas para não ficar excessivamente despida e isso parece-me bem.

___


Não encontrei nenhum vídeo de curta duração com qualidade razoável. este, apesar de tudo, ainda foi dos que me pareceu menos mau.

Vídeo - Victoria's Secret Fashion Show 2014, London





___


Relembro: para verem como se aperaltaram as belas mulheres com asas para irem sair à noite, desçam, por favor, até ao post já a seguir.

---

Desejo-vos, meus Caros Leitores, uma boa quinta-feira.


3 comentários:

josé luís disse...

o meu angélico agradecimento por este momento de elevação celestial

Vitor disse...

Estimda UJM
Respeito e considero todos os comentários e opiniões .
Mas, por favor , continue a comentar , com o mesmo destemor e assertividade de sempre, a nossa desgraçada vida política.
Precisamos ouvi-la e que continue o verdadeiro serviço público que nos tem oferecido .
O número de " entradas" ( que sempre atento) demonstra, bem, quanto o desejamos . . .
Continuação de boas melhoras.
Melhores Cumprimentos
Vitor

Anónimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=KM4Xe6Dlp0Y#t=200

Bob marley