Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, junho 04, 2014

Os palhaços escaparam-se do circo? - Não sei. Pergunto. O que vale é que, mesmo assim, ainda lá ficou gente de talento como a fabulosa Emma Haslam que não tem igual na dança de verão. Apanhada a fugir de mota foi encontrada uma cabra de capacete.


No post abaixo poderão ver o que aconteceu a David depois de ter estado dois anos nos EUA. À praia tão cedo não vai poder ir. O que vale é que Michelangelo já cá não está para ver tal desgraça.

Abaixo desse post falo de outra desgraça, de um recém avençado pelo Expresso, jornal que já deixa os pergaminhos na mão de qualquer cão ou gato, um tal Duarte Marques que ainda não percebeu bem para que servem as vírgulas.

Aqui, agora, deveria falar de outra coisa. Mas não sei se o vou fazer. Comecei esta terça feira cedo e, ainda mal tinha acordado, já estava a conduzir uma reunião em inglês. Poderia ter-me refeito a seguir mas a verdade é que o dia foi de tal ordem que só agora, cheia de sono, é que estou a conseguir espairecer. Mas não é por muito tempo que amanhã o dia promete, ó se promete.

Por isso, não sei do que vou falar mas sei do que não vou falar. (José Régio a uma hora destas...? Ná).




Poderia falar das palhaçadas do Passos Coelho que agora anda armado em técnica administrativa de processamento de salários, uma técnica  inexperiente e naba, coitada, que nem sabe como fazer em relação aos duodécimos e se faz os acertos no subsídio já pago, etc, e tal - mas não me apetece. 

O que não falta, no dia a dia da nossa vida profissional, são pessoas que têm dúvidas no exercício das suas funções. Geralmente dirigem-se ao chefe, que, por sua vez, questiona o chefe, até que a coisa se esclareça. Passos Coelho talvez não seja a pessoa mais habilitada para saber processar salários nem sei a que porta poderá ir bater pelo que só por instinto palhaçal é que se pode ter metido numa conversa destas. Só se for bater à porta do Palácio de Belém. O tal das cagarras é o chefe dele, não é? É capaz de ser um bom tema de conversa quando se encontram à hora do chá para falarem oralmente dos problemas da governança. Dado o silêncio do das cagarras, capaz de se juntar ao outro a cortar na casaca do Tribunal Constitucional. Começo a pensar que respeitar as instituições é coisa que não lhes assiste.

Também poderia, claro, falar das palhaçadas desse vice-irrevogável a quem lhe está a puxar o pé para o palco mas a coisa não tem qualidade, não me apetece juntar-me à festa.

Claro que seria diferente se ele quisesse interpretar uma peça à altura das suas ambições, qualquer coisa como Apogeu e queda de um jornalista que quis ser político e falhou, mas não, puxa-lhe a melena para interpretar dramas de faca e alguidar, argumentos baratos, coisa déjà vu. 
Por isso, por aí anda, a fazer de conta que não percebe a votação do Tribunal Constitucional, que se aclarem, que se descolorem, que digam se querem sangue, faca nas costas, madeixas ou nuances, novela mexicana a sério. Mais conversa de cabeleireira do que de governante. Uma pouca vergonha.

Não alinho.


Também poderia falar desse outro, o menino da lágrima, a patética figura que se põe de cócoras, não para fazer cocó mas para fazer uma selfie mas, quando dá por ele, fugiram-lhe todos de trás e vê-se sozinho, de cócoras a fazer uma selfie a ele próprio. 


Por amor de Deus, chora-se ele.



Vídeo do pobre Tozé Seguro a tirar uma selfie sem ninguém atrás.  Tadinho, que dá mesmo pena.




Por aí anda a ver se ganha tempo, se engendra expedientes. Os outros dois a fazerem palhaçada a sério, mostrando que só sabem mesmo agir na base do roubo por esticão, e sem plano B, o País entregue a uma incompetência assustadora e perigosa e o PS entregue a um noninhas destes.

É o Passos e o Portas, e mais o Cavaco (com a sua cara-metade) e o Seguro, todos de calças na mão, cada um pelos seus motivos mas todos sem saberem o que fazer. 


Os portugueses tiraram-lhes o tapete nas eleições e agora o Tribunal deu os primeiros por culpados; e os fulanos, como quaisquer vulgar meliantes, atiram-se ao juiz, culpam a sociedade, querem dar cabo do polícia que os prendeu, montam vinganças. Enquanto isso, os dois últimos andam às voltas, a ver se apanham o próprio rabo, taralhoucos, sem saberem o que fazer. 


Com vossa licença: se não é, parece - uma palhaçada.



António José Seguro encontra-se com Jesus


Uma rábula com Unas, o António Machado e o talentosíssimo Manuel Marques que é uma versão mais credível para liderar um partido do que o Totó Zero.



---

Ou seja, poderia falar de tudo isso. Mas não me apetece mesmo. Gentinha de quinta categoria, produto de terceira escolha, daqueles com defeito que são vendidos a preço de uva mijona. Para que hei-de eu perder tempo com tal refugo, não me dizem...?

___




Por isso, se me permitem, vou antes mostrar uma palhaçada como deve ser: uma cabra a andar de mota com capacete e tudo.

É no Irão e tudo ali é diversão pura. Agricultores irarianos deslocam-se com as suas cabras e, por cavalheirismo, põem o capacete à senhora.

Não é por ser cabra que deixa de ser uma senhora, ora essa.





Iranian farmers equip goat with helmet on motorbike ride




__


E, para acabar com talento a sério e fazer esquecer os aprendizes de babalu que lá mais acima referi, deixo-vos com a extraordinária Emma Haslam  numa acrobática e arriscada dança no varão. Poderia dizer-se que não está ao alcance de todos mas a fantástica Emma prova que peso não é inimigo de leveza.

As minhas Caras Leitoras não deverão tentar reproduzir o que aqui vão ver mesmo que queiram deixar os vossos namoradões (ou namoradonas) de boca aberta. Cuidado.

Identicamente, os meus Leitores que queiram surpreender as namoradinhas (ou namoradinhas), deixando-as de queixo caído, devem pensar bem antes de se abalançarem  a tão altos voos.

Depois não digam que não avisei.



A pole-dancing masterclass from Emma Haslam | Britain's Got Talent 2014




___

As pinturas são de Fernando Botero

____

Se quiserem seguir para bingo vão descendo, passem, por favor, pelo David e continuem até irem parar à casa das vírgulas embrutecidas onde encontrarão um jota requentado.

___


Desejo-vos, meus Caros Leitores, uma boa quarta feira.

___

1 comentário:

Anónimo disse...

Olá, UJM,

Essa da selfie do Seguro até a mim me deu pena. Essas pequenas coisas dão cabo de mim, não há nada que possa fazer.

JV