Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sexta-feira, maio 30, 2014

Quero dormir na água das palavras que amam o silêncio, quero ser a concha do ingénuo sossego de uma flora branca, quero ser o ouvido de veludo de um insecto azul





Quero dormir na água das palavras
que amam o silêncio
e a lentidão da luz
que é o fulgor de uma evidência indecifrável

Quero ser a concha do ingénuo sossego
de uma flora branca
com o monótono murmúrio
de uma respiração solar

Quero ser o ouvido de veludo
de um insecto azul
e quero beber a linfa do olvido
numa boca de argila
para sentir a monotonia ardente
da garganta da terra






Insiro o rosto
entre os ramos de um arbusto
e bebo a delicada fábula
dos fulgores solares

Consumi toda a fragilidade verde

Dormi como uma folha
de braços abertos
e passo a passo
subi ao cimo do dia





Repito:
 palavras
que amam o silêncio
e a lentidão da luz

_____


Os poemas são de António Ramos Rosa e constam de Numa folha, leve e livre

___  ___  ___


> A fotografia e o último filme pertence à campanha Secret Gardens da Dior
Secret Garden foi rodado no Château de Versailles, e é um filme de Inez and Vinoodh. 

> O primeiro vídeo é The Dior Gardens - Rose de Granville
A pioneer in ethnobotany for over 20 years, Dior identifies in nature the rarest and most powerful flowers and cultivates them in soils most favorable to their growth. This has resulted in dedicated Gardens around the world. The Loire Valley Garden in France is dedicated to Rose de Granville, the prodigious flower of Dior Prestige range. This garden perfectly embodies the Dior Gardens' philosophy: ultimate performance, complete traceability and absolute respect.

___  ___  ___  ___


Se depois destas palavras e destas imagens quiserem estragar o ambiente - coisa que desaconselho - ou, mais concretamente, se quiserem ler a minha reacção ao recorrente assunto de mais um chumbo do Tribunal Constitucional (tantas vezes o cartão vermelho já foi levantado que não sei qual a regra mas, se fosse como no futebol, aqueles fora-de-lei já estavam no olho da rua), desçam, por favor até ao post já a seguir.

__


3 comentários:

Pôr do Sol disse...

Muito bonito UJM, obrigada.
Tenho de procurar mais Antonio Ramos Rosa.

A propósito de CDior, hoje lembrei-me de si. Soube pela Lifestyle que os srs. de Bruxelas, depois de outras "ideias brilhantes",estão a pensar mandar alterar o Chanel nº.5

Ao fim de quase 100 anos de melhor perfume do mundo, decidem que é responsavel por alergias.

Há tantos campos onde podiam mostrar serviço...

Um bom fim de semana.

bob marley disse...

este modelos, têm o dom de fazerem-me lembrar a banda desenha o popey, mais precisamente a Olívia palito-))

dica do dia www.pluto.pt

bob marley disse...

enganei-me é www.pluto.tv, é o que dá ver osso logo pela manhã